Pular para o conteúdo principal

Raízes da nossa língua portuguesa

Recentemente, surgiu uma notícia de que, em junho, de acordo com a BNCC (Base
Nacional Curricular Comum), o ensino da Literatura Portuguesa deixaria de ser obrigatório,
dessa forma, ela passaria a ser uma opção do corpo docente e da coordenação. 

Se pararmos para pensar, essa é uma forma de abolir nossas origens do ensino público.
Todos sabemos que são enviados às escolas, materiais selecionados pelo Governo que devem
ser seguidos. No Estado de São Paulo, por exemplo, são dadas apostilas que emite o mínimo de
conteúdo (pré-selecionado) que o aluno deve ter. É claro que da porta para dentro -
teoricamente- são os professores quem mandam, entretanto, também é necessário prestar contas
dos conteúdos básicos propostos pelo Estado. E fica a pergunta: será que há tempo hábil para,
além desses conteúdos acrescentar a Literatura Portuguesa se a mesma for retirada? 

Apagar as raízes da nossa língua é algo lastimável. Querer resgatar a identidade
nacionalista, tão exaltada na primeira geração do Romantismo, requer nada menos que um
reforço literário para a população. Uma boa tática para que daqui a alguns anos os escritores
estejam renovados, pode ser a maior divulgação das obras que marcaram época e apoio aos
novos escritores que estão escondidos nas periferias de todo nosso território. Dar ênfase à
produção literária pode contribuir para que os estudantes tenham uma autonomia e crie vínculos
com a cultura nacional por meio de autores brasileiros. 

Enfim, o contexto literário do Brasil pede automaticamente o português. As Escolas
Literárias são sempre paralelas nesse sentido, o Realismo nacional tem analogia portuguesa,
bem como o Arcadismo, Realismo, Naturalismo, etc. Grande parte dos consagrados escritores
nacionais foram à Coimbra para estudarem e adquirirem mais conhecimento de mundo e
consequentemente suas obras se tornaram mais ricas em cultura e detalhes. 

A própria construção do País, se deu em grande parte pela influência portuguesa. A
História do Brasil envolve diretamente Portugal, por termos sido colonizados pelos próprios.
Ignorar nossas origens, apagar a Literatura Lusitana do currículo básico, não contribuirá em
nada para a melhoria da Educação. 

Nosso país já tem autonomia, observe os clássicos. Ao longo desses mais de cinco
séculos de história, já criamos uma identidade única. Retirar a Literatura Portuguesa, é insinuar
que a mesma ofusca o brilho de nossos internacionalmente reconhecidos, escritores.


Elma C. Lopes!

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Fandom Friday: Favorite Fandom Phrases - Frases de Fandom favoritas

Nesse universo de desenhos, mangas, HQ's, animes, games, filmes, séries, e afins; sempre há um momento, uma cena, e no case do post de hoje uma frase! As frases, são uma das coisas mais marcantes, que um personagem pode deixar aos seus fãs. Em meio há várias, vamos escrever apenas 5 hoje [com certeza escreverei mais haha]. Vamos esquecer essa parada de ordem de importância [só por hoje] e vamos aletoriar[verbete novo haha] as frases agora:
Why so serious? Por que tão sério? De nosso vilão favorito da DC Comics, Coringa, The Joker!

"Até logo, até mais ver, bon voyage, arrivederci, até mais, adeus, boa viagem, vá em paz, que a porta bata onde o sol não bate, não volte mais aqui, hasta la vista baby, escafeda-se, e saia logo daqui." & "Aaahhh ééé não." do memorável, Michael Kyle do Eu a patroa e as crianças.
"Quanto é 1000 menos 7?" Frase de torturador para torturado, que Kaneki Ken foi obrigado a repetir.
"Oi eu sou Goku." Despensa apresentações.

Spider Man/Homem Aranha me representa

Ultimamente, venha percebendo nas ações do nosso querido Homem Aranha, algumas semelhanças comigo.
Aaaanh como assim ?


Cara eu durmo, aonde encosto e você?


Bom eu também, tenho muito tempo para ficar comendo, néh


Você escova os dentes?

E depois de comer?

But, first coffe ...


Minhas provas da faculdade estão chegando ...
Esta sou procurando roupa para sair ...

Já mencionei que minhas provas estão perto?
É sério, eu preciso estudar!

Wolverine.

James Howlett, mas conhecido como Wolverine. Ele é um mutante que possui a capacidade de regenerar áreas danificadas ou destruídas, de sua estrutura celular a uma taxa muito maior do que a de um ser humano comum. A velocidade desse fator de cura, funciona variando na proporção direta com a gravidade dos danos que ele sofrer. Por exemplo, ele pode se recuperar totalmente de uma bala comum, ferida em uma área não-vital de seu corpo em poucos minutos; mas levou quase dois meses para se recuperar totalmente dos ferimentos sofridos em um duelo com Lord Shingen, que incluiu em uma espada que percorreu todo o caminho de seu corpo.

Wolverine também lhe oferece imunidade virtual para venenos e a maioria das drogas, bem como uma maior resistência a doenças. Por exemplo, é quase impossível para ele se tornar intoxicado por beber álcool. Ele também possui imunidade limitada aos venenos, fadiga gerada pela atividade física, e, portanto, ele tem maior resistência do que um ser humano comum. 

Possui ó…